Dez oportunidades para tesoureiros fazerem coisas de modo diferente

May 1st 2014 | Europe

Identificamos dez oportunidades, com grande potencial para “mudar o jogo” nas suas operações de tesouraria globais durante os próximos dez anos. Elas mudarão o modo como você opera, economiza o seu dinheiro ou melhora os resultados da sua empresa.

1. Fraude Cibernética: Não é apenas um problema para TI

Quando se trata de fraude financeira, humanos, e não sistemas, são o elo mais fraco da corrente. Transforme a sua equipe de tesouraria em parte do “firewall humano” e capacite-a para dizer não a invasões de dados. Uma pesquisa recente mostrou que 70% das pessoas em uma estação ferroviária informam suas senhas a troco de pedaços de chocolate.

2. BPOs: Aumente a visibilidade dos seus fluxos financeiros de comércio exterior

Os BPOs têm potencial para transformar as suas cadeias de suprimento financeiro em todo o mundo. Melhor visibilidade e automação de fluxos de dados permitem que os seus bancos diminuam o risco e forneçam soluções mais flexíveis – tornando mais fácil para você evitar atrasos de pagamento e acessar financiamentos mais rapidamente. Os BPOs deverão estar no radar da sua tesouraria e significam a entrada do financiamento de comércio exterior na tesouraria eletrônica moderna.

3. Cartões comerciais: A nova geração

Você está pensando em cartões comerciais para pagamentos corporativos? Você deveria. Eles podem melhorar a eficiência dos processos de capital de giro e melhorar os resultados por meio de boas práticas de administração de gastos, além do fornecimento e análise de dados para melhorar os gastos. Mas, no final, o atrativo mais imediato é que você pode manter o seu precioso caixa por mais tempo.

4. Renminbi - finalmente!

As regras mais recentes sobre empréstimos internacionais permitem que empresas estrangeiras na China emprestem seus saldos de caixa RMB para entidades estrangeiras. Isso significa que MNCs qualificadas podem usar RMB como moeda internacional para fins de administração de tesouraria e como parte de fundos de caixa globais centralizados. Pela primeira vez você realmente não precisa olhar com desconfiança para a moeda chinesa.

5. Dados: Maiores, mais rápidos, mais confiáveis

Sem dúvida você está coletando quantidades imensas de dados. Porém, você está aproveitando todo o potencial desses dados? Controle-os corretamente – e criativamente – e você poderá conseguir coisas antes impensáveis, incluindo previsão e reconciliação em tempo real. Com a ajuda de algoritmos de ponta e de novo hardware e com a ajuda de seus bancos, alguns tesoureiros estão no limiar de uma revolução das finanças.

6. eBam: Sim, podemos?

Embora o eBam ainda não seja uma solução de prateleira, algumas empresas estão começando a usá-lo. Protagonistas importantes do setor têm se dedicado com ímpeto renovado à solução de problemas residuais relacionados a normas, interoperabilidade, harmonização global e assinaturas digitais. Isso poderia marcar o fim da administração de contas bancárias baseada em papel?

7. M&A: Quanto antes melhor

Tradicionalmente, em M&A o papel da tesouraria tem se limitado à due diligence pré-aquisição e à consolidação das operações de tesouraria pós aquisição. Entretanto, se a tesouraria for envolvida muito mais cedo e mais inteligentemente, os resultados poderão ser imensos. Análise profunda de tesouraria pré-aquisição e implementação rápida preservarão melhor o valor da empresa alvo e poderão até aumentar esse valor.

8. Risco de commodities: Coloque-o sob controle

Para qualquer tesouraria determinada a adotar uma posição plenamente estratégica, risco de commodities podem ser incorporados à administração existente de câmbio e juros, de acordo com cada carteira. Mesmo que você não seja um grande usuário de commodities, uma análise intensiva dos riscos de commodities, dos contratos em aberto e dos índices que eles negociam poderá gerar recompensas.

9. Risco: Teste de stress para sucesso

Modelos de risco baseados no passado para prever eventos futuros são sempre suspeitos. Você precisa dispor de testes de stress precisos, baseados nas circunstâncias únicas da sua empresa. Somente por meio da criação de cenários mais realistas, que incluam uma enxurrada dos riscos envolvidos nas suas operações internacionais, você será capaz de quantificar e administrar os seus verdadeiros riscos.

10. SEPA: Olhando para o futuro

Tesoureiros que olham para o futuro têm usado a SEPA como uma oportunidade para analisar a eficiência de pagamentos em toda a região e não apenas para atender aspectos básicos de conformidade. Ao mesmo tempo em que têm a atenção dos seus departamentos de TI, das subsidiárias e outras áreas envolvidas, estão aumentando a visibilidade e o controle em toda a Europa e em outras regiões.

Quer saber mais?

Junte-se a EuroFinance em Lisboa para ouvir como tesoureiros e profissionais do sector financeiro líderes estão aproveitando ao máximo essas novas oportunidades.

Este ano, apresentamos estratégias financeiras relativas à implementação de processos que permitam promover soluções criativas e eficientes de controlo financeiro que, por sua vez, impulsionem o crescimento rentável.

Novos temas em debate incluem:

  • Fisco: Um novo capítulo
  • Financiamento e mitigação de riscos em sua expansão global
  • Angola: Destino para negócios, desafios para as tesourarias
  • O que podemos esperar para o futuro? Ameaças e oportunidades

Prestigie este importante evento para a comunidade de tesouraria em Portugal.

www.eurofinance.com/portugal

Mantenha-se informado! Para receber mais informações clique aqui.

MENU